Escreva sua frase

UNS SENTEM A CHUVA,
OUTROS APENAS SE MOLHAM.
— BOB DYLAN

Ensaio sobre o amor

3 de fevereiro de 2019
estive aberto as possibilidades de te encontrar. por ai. num momento qualquer do dia e sem fazer nenhum esforço pra te procurar.

muito provavelmente me confundir com alguns rapazes.

normal.



por algumas vezes eu jurei ter te achado numa festa, ás 2h da manhã, depois de algumas cervejas. ou naquele ônibus lotado indo pro trabalho. naquela troca de olhares profundos num dos shoppings da cidade. quem sabe eu te dei meu número e tu nunca me chamou.

eu estive disposto a te conhece melhor, mas você me disse que tinha namorado no dia em que eu escolhi te chamar pra tomar algumas cervejas e jogar conversa fora

eu estive disposto a te encontrar no dia em que você preferiu ir embora a me esperar no ponto de ônibus

eu iria te pedir em namoro no dia em que entre um cigarro ou outro tu deixou claro que não queria um relacionamento sério e que ficava com outros rapazes

eu te escrevi poemas e planejei viagens, mas nesse meio tempo em que eu quase me apaixonei, tu beijou outro e tocou thank u, next na boate que você geralmente trabalha.

eu estive aberto as possibilidades de te encontrar e dentre todas essas probabilidades, não rolou.

Daqui, em 2018, te dei tchau

6 de dezembro de 2018
em todo lugar que eu volto depois de ter frequentado contigo, me pergunto o porquê de eu ter demorado tanto para ir embora



no barzinho de quinta na beira-mar, no melhor cinema da cidade, num role flopado as 4h da manhã, na viagem pro interior que eu tanto quis

nos planos que eu me desfiz

eu tento equilibrar os traumas e as lembranças boas, como quem mente para si mesmo tentando se convencer de que foi bom

eu queria que desse certo e quanto mais dava errado, mas eu afundava nas mentiras que eu me forçava a acreditar só para poder permanecer na sua vida

não teriam tantos traumas, se eu tivesse ido embora na primeira dor

Contramão

3 de outubro de 2018
às vezes nós sabemos do estrago eminente

é como dirigir em alta velocidade mesmo vendo inúmeras placas informando sobre os perigos

reduza a velocidade, eles dizem



se você sofre um acidente grave e não morre, tudo bem conviver com as sequelas depois

a morte até poderia ser mais fácil, tranquila

melhor do que perder o direito de reclamar da sorte e aceitar que a culpa foi sua

existem pessoas iguais uma curva perigosa no meio da estrada, você ignora todos os sinais e aceita o perigo

tudo bem, eu estou ciente que você vai desgraçar comigo e desejo continuar

eu sei que a pressa é inimiga do coração
entendo que posso acabar tendo um traumatismo

Sem Guarda-Chuvas
• Feito com ❤ no Brasil • © Todos Os Direitos Reservados

Voltar Ao Topo