Num piscar de olhos

Eu ainda me lembro, e mesmo que hoje pareça nunca ter existido, no fundo o sentimento é o mesmo. Já faz tempo desde a última vez que esse sorriso amarelo passou por aqui, já faz tempo que o frio na barriga se fez presente, faz tempo meu caro. Mas é impossível te esquecer, apesar dos pesares, está ficando cada vez mais difícil não lembrar. Ah, menino, isso não se faz. Mas deixa como está, as vezes a gente aprende, crescer é pra todo mundo. As vezes me escondo, mas lembrar de você é o remédio para minha loucura. É sempre a mesma historia, eu fecho os olhos, te desejo boa noite, e antes de chorar, eu sorrio, porque antes de ter chegado ao fim, foi bom, e se foi bom enquanto durou, eu me sinto bem...

2 Comentários

  1. as vz a vd nos tira o q nem sabemos p/ q qremos mas q de uma certa forma acabam nos fazendo falta"
    amei o seu texto!
    beijin
    migo"

    ResponderExcluir
  2. Como diziamos em uma conversa, quando pequenos queremoos crescer, quando crescemos percebemos o quanto aquela época era boa e desejamos voltar, adorei seu texto! Gostaria de fazer parceria com o friendly? Aguardo anciosa pela sua resposta nos comentários do blog ou pelo e-mail friendlybloggers@hotmail.com
    Bjus Thaii

    ResponderExcluir

Se você realmente leu, me importa sua opinião. Fique a vontade...