P.S. Os calendários...



 Ano após ano, meses após meses, dia após dia...
E ele continua ali, esperando que mas uma vez o dia acabe.
E o que fazer quando os minutos parecem o esmagarem? O que fazer, se nem sempre ele poderá evitar os calendários...
...Sim, diferente das outras pessoas, ele não aprendeu a tapar o buraco em seu peito, causado pelo seu primeiro amor que foi embora. Ele insiste, e ilude-se com a ideia de que ainda não acabou.
Por que talvez, ele ainda acredite, que o amor nunca morre.

6 Comentários

  1. Quase todo mundo acredita então deve mesmo ser verdade...

    =*

    ResponderExcluir
  2. É difícil aceitar um fim,quando o amor ainda existe.Aí,vira uma espécie de obseção,sei lá...Fica-se sempre esperando que ele volte.

    Lindo teu espaço!
    Grata pela visita!

    Um abraço ;)

    ResponderExcluir
  3. É difícil aceitar um final..

    Bjs
    http://maviealeatoire.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. tu ta muito distante meu preto !
    mas num falo do corpo
    me refiro a alma mesmo!
    amei o post
    bj
    bom fim de semana pra ti!

    ResponderExcluir
  5. Ai, seu blog é lindo, obrigada pela visita :)

    ResponderExcluir
  6. Curti o blog,

    to seguindo, retribui??

    abraços,
    http://devilge.blogspot.com

    ResponderExcluir

Se você realmente leu, me importa sua opinião. Fique a vontade...