As cartas que eu não mando

Por varias vezes tentei te dizer. E em meio a essas tantas, eu não disse uma só palavra, por que eu queria que você percebesse através dos meus gestos, dos meus olhares, dos meus sorrisos. Talvez se você prestasse atenção nos pequenos instantes em que ficamos á sós, veria o que estava travado aqui dentro. E como percebo, o tempo passou e você não olhou para mim. E eu continuei do seu lado, fazendo de tudo pra ser, pelo menos, o teu melhor amigo.


Sabe, eu não sei bem por que estou fazendo isso, mas eu só queria que soubesse que mesmo depois de todo esse tempo, eu ainda estou aqui, dando voltas no mesmo lugar. Este sentimento não tem mudado. Tudo que eu faço é continuar apaixonado pela mesma pessoa. Pelo visto, só eu que continuo pensando em alguém que só me quer como amigo. E como não pensar, se quando penso em você, eu respiro. Todas as minhas tentativas foram em vão. Naquele tempo eu era apenas mas um garoto, em tantos, que fariam de tudo pra ficar contigo. Mas eu era o único que sentia algo diferente, por que eu não queria só um fica. Eu queria ser seu abrigo, eu queria ser o motivo do teu riso. Eu queria ser o cara que você pensa antes de dormir.

3 Comentários

  1. Adorei os textos... Lembree da música do Leoni... e de tantas coisas que não dizemos... Algumas que nem temos coragem de escrever.
    Beijo grande e bom final de semana! =)

    ResponderExcluir
  2. A RESPOSTA
    http://entrelagrimas-sorrisos.tumblr.com/

    ResponderExcluir

Se você realmente leu, me importa sua opinião. Fique a vontade...