Ser de barro

Escrevo sobre o Caio, o João, o Pedro e a Maria porque essas histórias também poderia ser a minha, assim como a sua ou de algum conhecido seu. Se eu não me engano o Pedro foi vítima da violência, o João do preconceito, o Caio da injustiça e a Maria foi vítima do amor. De algum modo essas poderiam ser só mais algumas histórias insignificantes perante o individualismo e a falta de solidariedade das pessoas. São esses os pilares que andam sustentando a sociedade de hoje, porque as pessoas estão se esquecendo do que elas realmente são. Mas no fundo, meus caros, somos todos seres de barro, um pacote razoavelmente apresentável de carne, osso, carbono, água e pó. Não podemos deixar que questões sociais, culturais, religiosas, econômicas e sexuais transformem o que somos na essência. Ninguém esta aqui pra julgar isso ou aquilo. Não podemos deixar que todos os ângulos sejam distorcidos pelos conceitos estúpidos encravados na mente dessa sociedade. Não seja cego, perceba que o amor acontece, inevitavelmente por quem quer que seja. Que a cor é escolhida pela natureza. Que nada palpável que temos, permanecerá. E que Deus, é único pra todos. Somos humanos e estamos sujeitos a tudo, inclusive ao nada. E sabe aquela historia de que o mundo dá voltas? Ela é real. É natural e até cientificamente provada. Hoje foi o Caio, o Pedro, o João e a Maria, mas amanhã poderá ser eu, ser você ou alguém que você conheça.

4 Comentários

  1. Com certeza, porque enquanto forem os outros, é só mais uma notícia, mas quando vier a acontecer de perto, é que as pessoas vão querer se movimentar.
    É muito comodismo dizer "Mas poderia acontecer com qualquer um." ou "Essas coisas não acontecem com todo mundo."


    Identidade Aleatória

    ResponderExcluir
  2. Concordo plenamente com você. Ultimamente não está tendo mais limite pra nada, o egoísmo toma conta das pessoas. O mundo dá voltas sim mais nem sempre, pois infelizmente acredito que isso é quase impossível de mudar pra melhor, porque cada um só quer saber de si próprio.
    Belo texto, está magnifico. todos deveriamos debater sempre sobre esses assuntos. bom fim de semana.

    http://t-alvez-p-oeta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. A forma mais doce de mostrar alguns problemas da sociedade. Saudade sua Rick.

    ResponderExcluir
  4. Costumo me perguntar a mesma coisa: qual o motivo de tanta ganância e sede de poder se não levamos nada disso quando morremos? Levamos apenas aquilo que somos quanto essência. E se vc acredita em reencarnação e espiritismo, é isso que será colocado na balança, não o quanto se conseguiu acumular em vida. Uma pena que nós, seres humanos, nos preocupamos tanto com coisas pequenas e esquecemos aquilo que realmente importa. Lindo texto. (:

    ResponderExcluir

Se você realmente leu, me importa sua opinião. Fique a vontade...