Entre nós

Talvez o infinito não seja mesmo para todo mundo, porque no fundo, boa parte das pessoas que estão aqui não serão felizes. Neste perde e ganha, a gente nasce, sobrevive e o resto é esquecimento. Então, de nada adianta esse seu interesse continuo de ser alguém que permanecerá pra sempre na memória das pessoas, porque até a humanidade um dia também será esquecimento.
Se tudo segue, envelhece, fica tarde e anoitece, haverá um dia em que não haverá mais amanhã, então, seja feliz moço. O tempo é este, o pouco tempo é agora.
Felicidade é questão de ser, de está bem consigo mesmo, de leveza, de paz. Você sabe bem que tudo isso existe dentro de você, basta escolher o que é melhor pra ti. Felicidade vem de dentro pra fora, então te aceita assim cara, com esse cabelo desgrenhado, com essa barba mal feita, com esse jeito largado e com a vida toda pra dá jeito, aceita que dói menos, aceita que é mais fácil resolver que ficar maquiando os fatos. Antes de tudo, ame-se. O essencial é está feliz consigo mesmo, como já foi dito. Aceite o fim e o recomeço. Aceite que seu erro sempre foi depositar felicidade em tudo que se perde com o tempo e cometa mais isso. Apesar dos pesares, essa vida é inconstante demais e tudo é passageiro. No fim, a vida segue. E se tudo é fase, não é preciso muita coisa, basta olhar o mundo com positividade...

4 Comentários

  1. A gente se cobra demais, né? Tenho feito muito isso - mas a culpa nem é do cabelo desgrenhado ou a barba mal feita, e sim o peito pequeno e a estria na coxa esquerda. Tá valendo?
    Ser feliz é questão de ser, mas como é que a gente é?
    Se descobrir, me ensina?

    ResponderExcluir
  2. Quando a gente se aceita, o mundo aceita a gente. Gostei do texto.

    http://www.novaperspectiva.com/

    ResponderExcluir
  3. Que texto lindo! Traduz bem o que todo mundo passa vez ou outra na vida, o importante é se aceitar. Adorei o blog!

    ResponderExcluir
  4. Espero que muitas fases boas venham para você. Parabéns pelo blog, é uma delicia de ver e ler. Bjss, ilustosa.

    ResponderExcluir

Se você realmente leu, me importa sua opinião. Fique a vontade...